Recanto Literário

Qual o proveito das flores postas somente sobre o caixão? Têm mais valor as que são dadas em vida.

Textos
Título Categoria Data Leituras
Revivendo o menino da roça que sempre fui Crônicas 25/01/20 6
Quem te viu, quem te vê, Rodrigo Janot! Crônicas 28/09/19 18
Rever um lugar bucólico e votar na dignidade da pessoa humana Crônicas 15/06/19 11
Nós, evangélicos, somos intolerantes Crônicas 21/04/16 18
Respeito, decência e elegância Crônicas 18/04/16 18
Mais um ano sem mamãe Crônicas 29/11/15 11
João Belizário de Souza, meu pai Crônicas 09/08/15 12
Reminiscências e rostos anônimos Crônicas 27/05/15 21
Depressão Crônicas 24/12/14 21
Um ano sem mamãe Crônicas 29/11/14 6
Dia de Finados Crônicas 02/11/14 10
A Utilidade do Direito e de seu Profissional Crônicas 21/10/14 6
O discurso do paraninfo Crônicas 07/10/14 34
Manhã de sol e lembranças Crônicas 10/09/14 12
Ab imo pectore, meu pai Crônicas 10/08/14 24
Estado, um trapalhão audacioso Crônicas 18/07/14 21
O poder da educação Crônicas 17/07/14 30
A Vetusta Casa de Afonso Pena Crônicas 02/06/14 214
Antes tarde do que nunca Crônicas 01/06/14 20
Tarde da Crônica na Escola do Sesi Crônicas 08/05/14 26
Página 1 de 5 1 2 3 4 5 [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras