Recanto Literário

Qual o proveito das flores postas somente sobre o caixão? Têm mais valor as que são dadas em vida.

Textos

Medo
Medo, muito medo
Eu tenho medo
Medo de fracassar
Medo da depressão
Medo da opressão
Medo da loucura
Medo do passado
Medo do presente
Medo do futuro
Medo da arrogância
Medo da falsidade
Medo dos donos da verdade
Medo dos outros
Medo de mim
Medo da vida
Medo do medo
Medo do mundo
Medo de tudo
Eu tenho medo, muito medo
Sou homem, de carne e osso
Sou, por isso, imperfeito
Como objeto, ou como sujeito
Por isso, confesso: tenho medo
Não nego nem faço segredo
Ai, que medo!...
Valdinar Monteiro de Souza
Enviado por Valdinar Monteiro de Souza em 25/01/2015
Alterado em 25/01/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras